-->

Matthew Lewis responde perguntas de fãs na London Film and Comic Con.

Fim de Semana passado o ator Matthew Lewis, interprete de Neville Longbottom compareceu a London Film and Comic Con e respondeu a diversas perguntas feitas por seus fãs que estavam no local.

Dentre assuntos diversos, Matthew, respondeu, por exemplo, sobre sua vó ugusta Longbottom, que já tem presença confirmada nos próximos filmes da saga. Confira a seguir a entrevista completa clicando em 'mais informações', traduzida por "Téo Moura" do Oclumência






Entrevista retirada do site oclumencia.com.br

Qual feitiço você gostaria de saber?
Ah não! [risos] Existe algum feitiço que pode te deixar invisível ou é só a capa? Alguém me ajuda! Eu vejo pessoas acenando e dizendo “Sim, é só a capa”. Então, para desarmar pessoas? Expelliarmus! Sim, posso dizer que é esse!
Na sua opinião, qual é melhor, os filmes ou os livros?
Essa não é uma pergunta justa! Existem pós e contras para ambos. Os livros são fantásticos. Mas algumas pessoas gostam mais dos filmes. Como meu pai, ele prefere os filmes do que ler. Eu só espero que nós tenhamos feito o melhor para transmitir a história. Para mim, os livros são brilhantes. E os filme também! [risos]
Quais são as coisas divertidas que vocês fazem fora dos sets?
Bem, a sala de Rupert é a sala de jogos. Ele tem tudo lá, como Guitar Hero, mesa de bilhar, dardos. Você pode se divertir muito lá. Obviamente, não podemos praticar esportes porque podemos nos machucar e isso não é bom.
E além disso, nós temos maquiagens pesadas para algumas cenas. Eu tive que ficar duas horas fazendo maquiagem para uma cena (sangue, etc) e me senti muito mal pela mulher porque era praticamente uma obra de arte! Então, outra razão pela qual não podemos praticar esportes, nós ficamos suados e mancha tudo. Tom e eu temos aula de violão, nós dois tocamos violão.
Nós vamos ver a avó de Neville? Você corta a cabeça da cobra, como no livro?
[pausa][risos]Bem, uma senhora foi escolhida para sua avó. [pausa novamente] Eu encontrei ela nos sets. [risos] É tudo que posso dizer. Quanto a cobra, tudo que posso dizer é que nos mantemos fiel ao livro o máximo possível. [sorriso]
Quais são suas primeiras memórias e pensamentos dos sets?
Bem, minha primeira memória é minha segunda audição com Chris Columbus. Foi incrível ser chamado e entrar nos estúdios e na Sala Comunal da Grifinória. Nós praticamos a cena em que Neville diz “Não posso deixar vocês fazerem isso” com Harry. Rony e Hermione. Em meu primeiro dia, estavam filmando cenas no exterior do castelo para as aulas de voo da Madame Hooch.
Eu estava tão nervoso e apavorado porque era a cena em que Neville cai da vassoura e eles estavam falando sobre me amarrar e tal. Eu só tinha 11 anos, eu só tinha encontrado Dan, Rupert e Emma uma vez e estava muito nervoso sobre tudo isso! E é só quando eles dizem “Ação” que você percebe que todo mundo está te observando.
Se você fosse um animago, que animal seria?
Eu queria ser alguma coisa bem legal! Golfinhos são legais! Eu nadei com golfinhos algumas semanas atrás. Você pode ser um T-rex? Em nenhum lugar diz que você não pode! [risos] Eu provavelmente seria uma preguiça, algo que se move como um centímetro por hora, ou algo parecido.
É preocupante ter uma grande parte da sua vida chegando ao fim? Você foi ao Mundo Mágico de Harry Potter?
Bem, todos sabiam que ia acabar. Todo mundo espera que você esteja realmente triste mas eu posso dizer que murchei. Quero dizer, eu estava sempre por perto, trabalhando nos filmes. Então, eu não gosto de estar desempregado. E sim, estive no Mundo Mágico de Harry Potter duas vezes – um pouco de cobiça de mim [risos]. Eu fui uma vez para a amostra de como os brinquedos funcionam e tudo mais (eu não sei porque, sério). Tudo que posso dizer é que é inacreditável. Eles recriaram tudo detalhadamente, até o escritório do Dumbledore! Você vai ter que ficar na fila por algum tempo, mas até a fila foi feita para ser divertida como parte do passeio. Há retratos que se mexem junto com você, falam e tudo! Há alguns de todos, como Hermione, etc. Eu vi Michael Gambon (Professor Dumbledore) ver seu próprio retrato se mexendo! Foi a coisa mais surreal! [risos] E antes que eu tivesse ido ao Mundo Mágico de Harry Potter, eu estive no Centro Espacial Kennedy e havia um homem trabalhando lá por 20 anos – esteve em volta de cada foguete pelos últimos 20 anos!
Se você tivesse a chance, o que você levaria dos sets?
Eu peguei várias coisas! [sorriso] Definitivamente gostaria da Espada da Grifinória. Eu a tenho usado [pausa] – oops. [silêncio] [risos do público] Eu estive por perto. Dan e eu tentamos levá-la. Eu quase matei alguém com isso!
Se um diretor pedisse para você interpretar um personagem qualquer de qualquer livro, qual você escolheria?
Tem que ser de um livro? Algo no estilo James Bond. Sim, James Bond! Só porque tem havido muita ação nos últimos filmes esse ano e tem sido muito divertido! Eu não gostaria de fazer isso durante toda a minha vida, mas um filme inteiro de ação seria legal! Ou um filme de guerra.
De todas as pessoas com quem trabalhou, qual estrela te atingiu mais? Qual foi a melhor coisa que você fez como resultado do filme?
Rik Mayall, que foi escolhido para interpretar Pirraça mas infelizmente foi cortado. Ele era demais! Eu era um fã de Drop Dead Fred e muitos outros filmes que eu provavelmente não deveria estar assistindo com 11 anos de idade.
Eu lembro da primeira vez que encontrei ele – eu estava sentado perto dele nos estúdios do primeiro filme e ele me perguntou, “É o seu primeiro filme? e eu disse “Sim” então ele me disse “Você tem que conhecer o cara do som” e eu perguntei “O quê? Por quê?” e ele respondeu “Só faça isso. Vê-lo ali?” então eu fui, apontei e perguntei “O quê, ali?” só pra levar uma cutucada dele “Não aponte!” [risos]
Ele era hilário, e idiota! Ele nos fazia rir enquando devíamos fazer uma cena séria e ninguém conseguia se concentrar porque nós todos estávamos rindo! Eu conheci Paul McCartney e vi ele tocar em um show e eu pensei “Meu Deus, é um Beatle em minha frente!”Depois, fui vê-lo tomar uma cerveja e falar sobre o John, George e Ringo. Era apenas surreal.
Quem do elenco tem as ideias mais loucas?
Que, como brincadeiras? Bem, James, Oliver e Rupert tinham um jogo – embora eu ache que Rupert não gostava muito – e quando você se envolve, está envolvido pra sempre. Eles provavelmente vão me matar por contar isso. [risos] Eles pegam um objeto e batem na virilha tão forte quanto eles conseguem – qualquer coisa, como garrafas de água, laranjas, etc!
Agora, você é uma mulher então a quantidade de dor que isso causaprovavelmente não seria a mesma – acredite em mim, dói. Quanto a mim, eu só participei por um curto tempo antes de desistir, mas eles têm jogado isso há anos! É horrível! [Risos]
De quem você vai seguir amigo por anos a frente?
Muita gente! Quando eu fiz 21 anos, todo mundo veio e estava tocando Leeds e Oasis. Foi legal. Veja, o lance é que [risos] Rupert é tão destraído que se ele perder o meu número e eu perder o dele e se nós nos encontrarmos daqui a 20 anos, vai ser como se nada tivesse mudado! Dan, definitivamente. E Alfie (Alfred Enoch – Dino Thomas). É, esses caras.


0 comentários:

Postar um comentário